Informação sobre gonorreia, causas, sintomas e tratamento da gonorreia, identificando procedimentos para a sua cura ou para sua prevenção.


sexta-feira, 8 de abril de 2016

Clamídia

A clamídia é uma infecção bacteriana que afecta o pénis, o colo do útero ou o ânus. É transmitida através de relações sexuais vaginais ou anais sem o uso de um preservativo, com alguém que tenha a infecção. Os sintomas podem ocorrer entre 2 a 14 dias após o contágio. No entanto, uma pessoa pode ter clamídia durante meses ou mesmo anos, e não saber que a tem.
Se uma mulher tiver sintomas, o que é pouco provável, estes podem incluir uma mudança nas secreções vaginais, dores na parte inferior do abdómen ou sangramento fora do normal.
Os homens podem ter corrimento uretral, dor ao urinar ou irritação uretral.
A inflamação da uretra masculina causada pela clamídia é conhecida como uretrite não específica. A inflamação no colo do útero de uma mulher é conhecida como cervicite.
A infecção no ânus é geralmente muito ténue e passa despercebida. Ocasionalmente pode causar dor ou corrimento anal.


Prevenção da clamídia

Você pode reduzir o risco de infecção por clamídia ou outra infecção sexualmente transmissível (DST) e evitar propagação da infecção.

Pratique sexo seguro
Impedir que uma doença sexualmente transmissível ocorra, torna-se mais fácil do que o tratamento de uma infecção depois que ela ocorre.

Converse com o seu parceiro sobre as doenças sexualmente transmissíveis antes de iniciar um relacionamento sexual. Descubra se ele ou ela está em risco de contrair uma DST. Lembre-se que é possível estar infectado com uma DST e não saber disso. O HIV por exemplo, pode não ser encontrado no sangue durante 6 meses após a infecção inicial.

Seja cuidadoso
Evite o contato sexual se você tiver sintomas de uma doença sexualmente transmissível ou se estiver a implementar tratamento para uma DST.
Evite o contato sexual com qualquer pessoa que tenha sintomas da doença ou que possa ter sido exposta a uma DST.

Não tenha mais de um parceiro sexual de cada vez. O risco de uma DST aumenta se você tiver mais de um parceiro sexual.

Outras doenças sexualmente transmissíveis incluem a gonorreia, candidíase e sífilis.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL