Informação sobre gonorreia, causas, sintomas e tratamento da gonorreia, identificando procedimentos para a sua cura ou para sua prevenção.


O que fazer para evitar gonorreia

A única forma segura de evitar a gonorreia e outras doenças sexualmente transmissíveis é não promover relações sexuais (abstinência). Se você tiver relações sexuais: 
• Converse com seu parceiro sobre a gonorreia e outras doenças sexualmente transmissíveis. Elabore um plano em conjunto com seu parceiro sexual para reduzir os riscos de contrair gonorreia.
• Use preservativo masculino ou feminino, já que este é o caminho certo para evitar gonorreia, e cada vez que tiver relações sexuais.
• Não tenha relações sexuais se você observar alguma descarga incomum do pênis do seu parceiro, vagina ou ânus.
• Tenha relações sexuais com apenas um parceiro, que também só tenha relações sexuais com você (a monogamia mútua).
• Tenha relações sexuais com menos pessoas. Mais parceiros é sinónimo de mais risco.

Nenhum método de controle de natalidade, exceto o preservativo, protege contra qualquer doença sexualmente transmissível.
Se você acha que pode ter gonorreia (ou qualquer doença sexualmente transmissivel), procure atendimento num prestador de cuidados de saúde ou clínica. Se você tiver gonorreia, diga a todos seus parceiros sexuais para que eles também possam receber tratamento adequado.

A única forma de você ter a certeza de que tem gonorreia, é através da realização de um teste. O teste é fácil. Uma amostra de urina ou uma amostra de fluido do pénis, vagina, reto, ou garganta é tomada e enviada para um laboratório. Quando uma mulher tem uma descarga do colo do útero, ou um homem tem uma descarga do seu pénis, muitas vezes é possível testar gonorreia, olhando para a descarga sob um microscópio.
Caso contrário, a amostra é enviada para um laboratório para testes, e os resultados estarão disponíveis alguns dias depois. Testes podem detetar gonorreia, 3 a 7 dias após a infeção. Muitos profissionais de saúde não promovem testes para gonorreia, a menos que você peça. Conseguir um exame de Papanicolaou não significa que você é testada para gonorreia ou qualquer outra doença sexualmente transmissível.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL